segunda-feira, 17 de março de 2014

Levando Jesus

Oi gente!

Muito interessante pensar em levar Jesus. 

Deus não precisou de nós para espalhar as águas por toda a terra, mas a Palavra diz que como as águas cobrem o mar, toda a terra será cheia do conhecimento e da glória do Senhor (Isaías 11:9). E a última ordem dada por Jesus antes de ser recebido no céu  foi: ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura (Marcos 16:15). Ele conta com você nesta missão!

Ok, mas como vou levar Jesus comigo? Eu não sei falar direito, tocar nenhum instrumento, não tenho equipamentos pra gravar vídeos, até danço mas é só na Igreja... Como levarei?



No coração! Não estou sendo demagoga, mas verdadeira. A Bíblia está permeada de exemplos de pessoas que não tinham recursos, nem muitos dons e talentos, nem muitas estratégias, mas tinham o Senhor! Nenhum empreendedor com alvo mundial começaria com pescadores e um deles seria alicerce de uma visão de longo prazo e de uma organização que alcançaria o mundo. Estou falando de Pedro. Se hoje nós o conhecemos como um homem importante para o cristianismo, foi exatamente devido a sua simplicidade, tenacidade e amor a Jesus. E a forma de Deus agir e chamar as pessoas continua a mesma. Todos os dias o Reino se expande através de pescadores, agricultores, donas de casa, vendedores, médicos, engenheiros, advogados, estudante e de outras centenas de pessoas comuns. 

Sem status de estrela gospel, a Igreja continua sendo construída apenas por gente simples, que entendeu o que significa servir

Um beijo,
Duda.

Livro: Grandes Igrejas, Pequenos Líderes.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Feminice do dia: ostentação

Oi meninas!

É, pesado esse tema. 

Outro dia uma figura extremamente chique no culto do domingo pela manhã na minha Igreja local me chamou atenção para o tema. Sim, ainda em 2014 o homem olha a aparência. Ali mesmo pedi perdão a Deus, e ao mesmo tempo pedi para não ser uma figura como aquela em nenhuma outra situação.

Infelizmente não é só com roupas caras e jóias que ostentamos. Fui até o dicionário conferir as definições. Vem comigo:

os·ten·ta·ção 
(latim ostentatio, -onis)
substantivo feminino
1. .Ato ou efeito de ostentar.
2. Manifestação.
3. Alarde.
4. Luxo.
5. Jactância.

os·ten·tar 
(latim ostento, -are)
verbo transitivo
Mostrar com alarde; exibir; alardear.

Uau. Mostrar com alarde. Aqui a coisa pegou.



Qualquer coisa que nós façamos com alarde trata-se de ostentação. E, dificilmente escondemos algo quando esperamos ter há muito tempo, que esperamos conquistar há muito tempo. Inclusive as bênçãos. Essa postura não se limita ao que é material. É lindo o que Deus nos dá e faz na nossa vida, porque Ele pode tudo. TU-DO. Tudinho. Se, para o Senhor, uma vida, uma alma vale mais que o mundo inteiro (Lucas 15:4), e Deus deu o Seu melhor por nós (João 3:16), qualquer coisa que possamos vir a ter não vale mais do que nós ou do que qualquer pessoa. Por que ainda assim ostentamos? Por que, ainda assim, nossas folhas de currículo são tão valiosas aos nossos olhos, e não apenas instrumentos que Deus te deu para cumprir os propósitos que Ele mesmo sonhou para você? Como diz a música, o nosso valor não está no que temos ou fazemos. Por que aquele ministério, que é serviço e deveria ser, faz de você uma líder que se acha melhor que todos no mundo inteiro? Mandar é diferente de servir. Jesus amava os bastidores, não ostentava Seu poder, nem se vendeu por nada. 

E aqui eu paro um pouco para falar daquelas que aparentam ser o que não são. Tem aquela piada, que diz: 'pareço metida, mas sou míope!'. Certeza que você já ouviu de alguém, tempos depois de amizade: nossa, eu achava que você era tão metida antes de te conhecer! QUEM NUNCA? Eu já ouvi inúmeras vezes. A culpa é toda minha. Por outro lado, de igual forma, nós também analisamos erroneamente as pessoas, e foi por isso que pedi perdão a Deus naquele culto. Aquela mulher era apenas uma pessoa humilde de coração, mas com recursos para se vestir com roupas de grife. isso. Por isso me veio ao coração que devemos repensar como temos agido, especialmente entre desconhecidos. Devemos ouvir mais as nossas mães, quando elas dizem que deveríamos ter sido mais simpática, porque elas sabem que somos legais. Devemos ouvir mais os nossos amigos, quando eles dizem que fomos chatas, porque eles sabem que não somos assim. Devemos ouvir o Espírito Santo, quando Ele nos mandar ir, fazer, dividir, servir, entregar, silenciar. Muitos desses verbos evitam que pequemos ostentando, ou façamos outros pecarem invejando e desejando o que é nosso. Devemos lembrar de Jesus, que é lindo demais, e lembrar também que quando nascemos de novo foi Ele quem passou a viver em nós.

Resumindo: não seja quem você não é. Aja como se Jesus estivesse sempre ao seu lado, porque na verdade Ele vive em você. E procure-O em outros e em tudo, esteja inocente para o que vem do mal (Romanos 16:19).

Um beijo,
Duda.

Soundtrack:
Britt Nicole
Diante do Trono
Jesse y Joy

Feminice do dia: @feminicedodia

Oi MENINAS!

E não é que a feminice virou feminice mesmo?!?!?!


Quem acompanha o blog, sabe que feminice do dia é uma tag sobre assuntos femininos. Clique aqui e leia os posts já publicados.

Acontece que me deu muita vontade de voltar a publicar na internet sobre maquiagens, cosméticos, dicas femininas e tudo que eu já fazia pelo Orkut, na comunidade Loucas por Maquiagem lá pelo ano de 2008, e pelo Flickr, de 2009 a 2012, com um grupo de meninas da comunidade que nessa época migrou pra lá! Só que acabamos nos afastando do Flickr por causa do Instagram e nos reunimos recentemente em um grupo no Facebook (rodamos todas as redes sociais, perceberam né?!), e esse reencontro reavivou minha vontade de 'coisas de mulherzinha'. Antes que chamem de futilidade, não é: maquiagem e feminices elevam a autoestima das mulheres, o cuidado com a imagem revela o amor por nós mesmas que temos em nosso coração, além da beleza que já temos por dentro de nós: Jesus! Além da liberdade, que foi para a liberdade que Cristo nos libertou! E tem versículo para isso, sim senhora: 'Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares.' (Cantares 1:10). E, já que somos o que a Bíblia diz que somos, e podemos o que a Bíblia diz que podemos, vamos ser femininas!



Mas... e o nome?

Ainda fiz uma pesquisa entre amigas para escolher um nome para o Instagram, mas nenhum me agradou.

Até que uma amiga, que hoje divide comigo os posts por lá, perguntou: e @feminicedodia? Está disponível?

COMO NÃO PENSEI na tag favorita antes? <3

E assim ficou. Siga-nos no Instagram também! Mas já aviso: é BEEEEM rosa! Muito feminino e tudo aquilo que só dividiríamos com nossas irmãs de sangue, dividimos com nossas irmãs em Cristo.

Um beijo,
Duda.

Soundtrack:
Aleluia, Diante do Trono
Simply Because, Britt Nicole

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Pérola

Ei, gente!

Nos últimos seis anos é o que eu mais tenho ouvido: 'Duda, ora por mim?'. Após um tempo afastada dos caminhos do Senhor eu voltei a Ele, e era EU quem precisava de oração! Minha vó {saudades♥} sempre lembrava de mim em suas orações, graças a Deus, e alguns intercessores da IECB também nunca desistiram de mim. Além, claro, do Senhor Jesus, que nunca desiste de nós. Mas de tantos pedidos de amigos que moram longe, moram perto, de familiares e até desconhecidos, eu cheguei a pensar que meu ministério era somente o de intercessão!  Pensar no outro, confortar e trazer consolo através da Palavra de Deus: esse sim, é o meu chamado. E entender o chamado não significa ser santo, ser perfeito, ser legal ou estar sempre correto. NÃO! 'Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não nossa.' (2 Coríntios 4:7). Entender o chamado significa saber que estaremos no centro da vontade de Deus, ainda com lutas, com perdas, com dificuldades e claro, com muitas alegrias e vitórias, pois a alegria do Senhor é a nossa força. Até a minha atividade secular (advocacia, em especial Direito de Família) me permite esse aconselhamento em diversas ocasiões.

Sabendo disso, apesar dos diplomas e títulos, apesar d'Ele nos levantar também no meio secular, fomos e somos chamados a servir. E a cumprir o IDE do Senhor, levando Seu nome em tudo que fizermos, como carta viva. Na internet e fora dela, na Igreja e fora dela, em casa e fora dela. E vamos pra fora da internet! Muito bom usá-la como ferramenta de divulgação e para encorajar outros, mas ela nos prende demais! A melhor coisa que me aconteceu foi meu computador quebrar em novembro.

Foi com esse despertar de levar a quem precisa o que já fazíamos num pequeno grupo de cristãos que o Pérola surgiu! O que nos motivou, como o próprio nome diz, foi a dor e o incômodo do outro. Nem todos os membros do grupo concordaram em participar, mas os escolhidos de Deus já estão se mobilizando para usar seus dons e levantar recursos, não por mim, nem para mim, nem para aparecer: mas para ajudar os esquecidos da sociedade, mas não de Deus. Para levar o nome de Jesus que é poderoso para mudar situações, países, casas e corações, não o nosso nome. 

Ainda estamos gerando o que Deus quer fazer através desse Ministério de Artes e Missões, mas já demos o primeiro passo: aceitamos o chamado! As pessoas vêem o que você faz; Deus vê porque você faz.

Se você se interessou e quer saber mais sobre essa missão, em breve compartilharemos a visão no nosso site oficial. Deixe seu contato nos comentários.

Um beijo,
Duda.